SEJA BEM VINDO :) NOSSO BLOG ESTÁ EM MANUTENÇÃO POR ALGUNS DIAS !

Bragança,cidade maravilhosa.




Bragança, nordeste do Pará, conhecida carinhosamente como "A Pérola do Caeté", tem uma herança histórica muito rica. Sua origem remonta aos primórdios da história do Brasil e tem relação com muitos aspectos de seu processo de construção.
Devido a isso a abordagem sobre o seu histórico não deve ser apresentada de forma descontextualizada, pois poder-se-ia correr o risco da perda de detalhes importantes de sua memória histórica.
A origem de Bragança está relacionada à retirada dos Franceses da Capitania do Maranhão, em 04 de setembro de 1612, por Jerônimo de Albuquerque, donatário daquela capitania. Derrotados, os Franceses, chefiados por Daniel de La Touche, Senhor de La Ravàrdiere, retiram-se do Maranhão rumo à região do Caeté, sendo considerados os primeiros Europeus a chegarem nesta região. Depois de meses de travessia, desde o Maranhão, apareceram na curva do Rio Caeté, em frente a taba dos Índios Caetés da poderosa tribo dos Tupinambás, os quais, avistando aos Franceses, conduziram-nos até a localidade silvícola. Era o dia 08 de julho de 1613. No dia 12 de janeiro de 1616, dois anos e meio após a fundação de Bragança, Francisco Caldeira Castelo Branco, chega ao local, então conhecido como Boca do Rio Pará, dando origem à Santa Maria de Belém do Grão-Pará.
Em 1633, Bragança viria a ser motivo de disputa por suas terras, quando Álvaro de Souza, proclama a posse da Capitania que pertencera a seu pai, Gaspar de Souza, o qual foi seu primeiro donatário desde 1622. Considerado legítimo herdeiro pela Carta Régia de 13 de fevereiro de 1634, Álvaro de Souza procurou desenvolver sua capitania, fundando um povoado com pioneiros Açorianos, à margem direita do Rio Caeté, com a denominação de Souza do Caeté. Posteriormente, visando melhorar a comunicação com Belém, a sede da Capitania é mudada para a margem esquerda do rio, onde atualmente Bragança está localizada. Ficando o povoado original conhecido pela denominação dada pelos indígenas de "Cuera" e, chamado pelos Açorianos de "Qui-era". Em 1640 a Dinastia de Bragança assume o governo de Portugal, libertando-se do domínio Espanhol. Em homenagem à Rainha que pertencia a essa dinastia, em 1753, Souza do Caeté recebe o nome de "Nossa Senhora do Rosário de Bragança", tornando-se Vila por Ato do Governador do Estado do Maranhão e Grão-Pará, Francisco Xavier de Mendonça Furtado. Em 02 de outubro de 1854, Bragança é elevada a categoria de cidade por resolução do então Presidente da Província do Pará, Tenente Coronel Sebastião do Rego Barros. Desde então a sua posição geográfica contribui para uma crescente importância econômica, política e cultural para todo o Estado.




(Creditos a 1ª URE Bragança)

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui,criticas, sugestões ou elogios!

Este blog tem: postagens e comentários

Melhor Vizualização

Mozilla Firefox,Google Chrome;

Contador de Visitas

autores

Minha foto
[Roney Oliveira]
Amo tecnologia e a vida
Visualizar meu perfil completo
Rua Simpliciano Medeiros, S/N, Perpétuo Socorro,Bragança-PA, Fone: (91) 3425 5444. e-mail: sementinhadosaberbr@hotmail.com

  ©Todos os direitos reservados á: Escola E.E.F Sementinha do Saber. .

TOPO DO BLOG